Notícias

Rafael Dorval > Notícias (Page 3)

Polícia desbarata rede de prostituição que explorava brasileiras na Espanha

A Polícia da Espanha desarticulou uma rede de prostituição que explorava sexualmente mulheres e travestis de origem brasileira em bordéis da Catalunha, no nordeste do país.
Oito suspeitos foram presos nas províncias de Tarragona, Barcelona e Girona.
As vítimas eram cooptadas no Brasil e levadas à Catalunha, passando previamente por Portugal.
Elas eram controladas por mulheres, as “mamis”, que as monitoravam continuamente por meio de um sistema interno de câmeras e viviam amontoadas em condições insalubres.

DEM e PSDB vão ao Supremo contra medida provisória

Acusando o Palácio do Planalto de maquiar o cenário econômico, o DEM e o PSDB protocolaram, ontem, uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que seja declarada inconstitucional a Medida Provisória (MP) que liberou crédito extraordinário de R$ 42,5 bilhões para investimentos neste ano. O Planalto recorreu em dezembro à MP após o Congresso adiar para fevereiro a votação da proposta orçamentária. Foi o maior valor já previsto em uma medida do tipo. O recorde anterior era de R$ 26,7 bilhões, em 2010.

Privatização do Sistema Penitenciário Brasileiro, veja a entrevista

Uma penitenciária construída e administrada pela iniciativa privada está prestes a ser concluída em Ribeirão das Neves, Minas Gerais. Será o primeiro presídio brasileiro construído, e futuramente administrado, por um consórcio de empresas privadas. Sobre o tema, o quadro Saiba Mais, do canal do Supremo Tribunal Federal (STF) no YouTube, traz uma entrevista com o juiz auxiliar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Luciano Losekann. Detalhes sobre a privatização do sistema prisional, o que prevê a Constituição Federal a respeito do assunto, além das vantagens do sistema e seus custos são alguns dos aspectos abordados na entrevista. Fonte: STF Assista ao...

Continue reading

Movimentos sociais protestam contra medida que prevê internações compulsórias

São Paulo – Movimentos sociais fizeram na manhã do dia (21) um ato em frente ao Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod), no centro da capital paulista, para protestar contra a medida do governo estadual que pretende tornar mais ágeis as medidas de internação compulsória ou involuntária de dependentes químicos em São Paulo. Para as organizações ligadas à defesa dos direitos humanos e à luta antimanicomial, a iniciativa seria mais eficiente, na verdade, se houvesse o reforço da política de atenção psicossocial.

Projetos de lei estratégicos dos tribunais terão apoio na tramitação

A Comissão Permanente de Articulação Federativa e Parlamentar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai promover diversos encontros regionais para avaliar os projetos de lei de interesse do Judiciário em tramitação nas assembleias legislativas e no Congresso Nacional. Os projetos que se enquadrarem no planejamento estratégico do CNJ devem receber o apoio do colegiado, informa o conselheiro Bruno Dantas, presidente da Comissão.

Casal acusa concessionária BMW de racismo contra filho de 7 anos no Rio

Uma ida à concessionária da BMW Autokraft, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na tarde de sábado (12), deixou o casal Ronald Munk e Priscilla Celeste indignado. Pais de cinco filhos, foram à loja acompanhados do caçula, de 7 anos, que é negro e adotado, em busca de um automóvel novo para família. Enquanto conversavam com o gerente de vendas sobre os carros, dizem ter sido surpreendidos com uma atitude preconceituosa do funcionário quando a criança se aproximou dos três. O BMW Group enviou uma nota ao G1 em que pede desculpas ao casal.
O casal contou como foi a conversa do gerente. “Ele disse: ‘Você não pode ficar aqui dentro. Aqui não é lugar para você. Saia da loja. Eles pedem dinheiro e incomodam os clientes'”, contou a professora Priscilla, lembrando que o gerente não havia se dado conta de que o menino era filho do casal.

Evitar Irã nuclear é primeiro desafio, diz Netanyahu em discurso da vitória

O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, já falou como vitorioso nesta terça-feira (22), após pesquisas de opinião confirmarem que sua coalizão de direita conseguiu nas urnas uma estreita maioria no Parlamento. “O governo que formarmos será baseado em três principais princípios. O primeiro é força militar compatível com os grandes desafios que enfrentamos. O primeiro desafio era e permanece evitar que o Irã obtenha armas nucleares”, disse ele.
O premiê já havia escrito no site de seu partido, o Likud, que “segundo a boca de urna, está claro que os israelenses decidirem que querem que eu continue a servir como primeiro-ministros, e que eu forme um governo o mais amplo possível.”

Retorno ao serviço público, mesmo antes da EC 20, não dá direito a duas aposentadorias

É vedada a acumulação de dois proventos de aposentadoria submetidos ao regime previsto no artigo 40 da Constituição Federal, ainda que o retorno ao serviço público tenha ocorrido antes da reforma da previdência de 1998 – criada pela Emenda Constitucional (EC) 20/98. Esse entendimento é da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Quinta Turma nega habeas corpus a policial civil condenado por tortura

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão que negou pedido de habeas corpus em favor de agente da Polícia Civil condenado à pena de dois anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial fechado, pelo crime de tortura. A defesa pretendia a anulação da certidão de trânsito em julgado da sentença, possibilitando ao agente a interposição dos recursos cabíveis, após a sua intimação pessoal.

Ford terá de indenizar antiga concessionária por rescisão de contrato sem justa causa

A Ford terá de indenizar uma revendedora de veículos por ter rescindido sem justa causa o contrato de concessão comercial. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu que houve violação do artigo 11 da Lei Renato Ferrari (Lei 6.729/79), segundo o qual o pagamento do preço das mercadorias não pode ser exigido antes do faturamento, salvo ajuste diverso. A Terceira Turma seguiu o voto do relator, ministro Villas Bôas Cueva, para dar provimento ao recurso especial para restabelecer a sentença.